Diários Associados



Pernambuco.com


Pesquisa personalizada

Publicidade


  Enviar por e-mail Comentar Imprimir  

Adoção

Todo ano o Centro de Vigilância Animal (CVA) recebe entre dez e onze mil cachorros que vivem nas ruas ou que foram abandonados pelos donos. O destino da grande maioria deles é triste. Para não disseminar zoonoses (doenças de animais transmissíveis aos homens), os animais são sacrificados depois de três dias no local. Os cachorros abandonados pelos donos, porém, podem ser adotados por qualquer pessoa interessada.

“Os animais que são colocados para doação têm referência dos donos anteriores e são vacinados contra a raiva. Geralmente são cachorros de grande porte que são abandonados porque os donos viajam ou se mudam”, explica o diretor do CVA, Geraldo Vieira. Ao contrário dos cachorros capturados na rua, os que são deixados para doação podem ficar no centro de vigilância por mais de três dias. O local, no entanto, dispõe de apenas seis canis.

É muito simples “adotar” um cachorro do CVA. Basta que o interessado vá até lá (Rua Antônio da Costa Azevedo, 1135, no bairro de Peixinhos, em Olinda). O futuro dono tem que assinar um termo de responsabilidade, se comprometendo a não abandonar o cachorro na rua e a devolver o cão ao CVA, caso não queira mais ficar com ele. O cão sai do local vacinado contra a raiva.

A adoção de cachorros abandonados, no entanto, não é uma prática comum e a maioria dos cães acaba sofrendo eutanásia. Para tentar mudar essa realidade, o site da Prefeitura da Cidade do Recife vai fornecer em breve fotos dos cachorros disponíveis para doação. As fotos serão atualizadas semanalmente.

Abrigos - Associações e Organizações Não-Governamentais também abrigam alguns animais em situação de risco. O trabalho é discreto, para não se tornar uma opção para quem não quer mais um cachorro. A advogada Polyana Campos encontrou um cocker spaniel abandonado perto da casa dela, no bairro de Piedade, e o levou para um abrigo. A foto do cachorro foi publicada no site Rede de Adoção e dois dias depois o cão já havia sido doado.

“Eu estava passeando com o meu cachorro quando vi o cocker abandonado. Pessoas que estavam próximas ao local disseram que o dono abandonou o cachorro porque ele já estava velho e ele queira um filhote. Mas o cocker não tem nem quatro anos!”, conta Polyana. O cão chegou a passar uma noite na casa da advogada, antes de seguir para o abrigo. “Ele é bastante dócil e bonito. Estava apenas maltratado e muito magro”.

SERVIÇO
Centro de Vigilância Animal
Rua Antônio da Costa Azevedo, 1135, no bairro de Peixinhos, em Olinda
Telefone: 3232-7783

O Pernambuco.com também entra na briga contra o abandono de animais. Se você quer doar um cachorro ou um gato, clique aqui para cadastrar as informações do seu Pet para que outras pessoas possam adotá-lo.

Serviços
Perdidos
Pet shop




Conheça o Pernambuco.com
Últimas | Cidadão repórter | Divirta-se | Promoções | Gastrô | Turismo | Tecnologia | Pernambuco.cão | Mundo Ela | Cadastro | Quem somos
 Diario de Pernambuco | Aqui PE | Clube FM | Rádio Clube AM | TV Clube | Superesportes | Vrum | Lugar Certo | Admite-se
Copyright - Pernambuco.com | todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo desta página sem a prévia autorização | faleconosco@pernambuco.com