Últimas Diversão Comunidade Tecnologia Esportes Turismo Quem Somos
Diario de Pernambuco Canal 9 Clube FM Clube AM
Edição de Segunda-Feira, 24 de Outubro de 2005 
Guia de Profissões | Cursos técnicos de eletromecânica e mecânica
   DIARIO
   Índice Geral
   Expediente
   Ed. Anteriores
   Assinaturas
   Clube DIARIO
   História
   CADERNOS
   Política
   Brasil
   Mundo
   Economia
   Esportes
   Vida Urbana
   Viver
   SUPLEMENTOS
   Revista da TV
   Empregos
   Domingo
   Fun Zine
   Guia de Profissões
   Info Zone
   Interior
   Viagem
   Informática
   Carro
   Fim de Semana
   Imóveis
   Saúde
   Diarinho

    SERVIÇOS

   Loterias

GUIA DE PROFISSÕES
Cursos técnicos de eletromecânica e mecânica
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e o Cefet, antiga Escola Técnica, são opções para quem ainda não ingressou na universidade
Mirella Falcão
Especial para o DIARIO
Com o setor industrial em expansão em decorrência da vinda de novos investimentos para Pernambuco, como o pólo de poliéster, o estaleiro e a refinaria, a geração de empregos nas áreas de manutenção e operação de máquinas está em alta. Para quem não quer perder a oportunidade de conseguir uma boa colocação no mercado, a formação profissional nesse segmento é fundamental. As opções são os cursos de eletromecânica do Senai e mecânica do Centro de Formação Tecnológica (Cefet).


girlan alves é estagiário da indústria reunidas rendas por meio do menor aprendiz. Foto: Glauco Spíndola.
  Girlan Alves, 15 anos, é um dos alunos mais aplicados da turma do Senai. De manhã, sai de Itapissuma para ter aulas em Santo Amaro. À tarde, estagia na Indústria Reunidas Renda, em Abreu e Lima, por meio do programa Menor Aprendiz, recebendo R$ 150,00 que ajuda na renda familiar. À noite, ele faz o primeiro ano do ensino médio. "Estou me esforçando ao máximo para aprender. É a minha chance de conseguir um bom emprego", diz. Vale a pena. Quando estiver formado, receberá um salário entre R$ 800,00 e R$ 1.800,00.

  De acordo com Edinaldo Cabral, diretor do Centro de Formação Manuel de Brito - Senai, de Santo Amaro - o curso de eletrotécnica é uma evolução de profissões como o torneiro-mecânico, ajustador, presador e mecânico de manutenção. "Por isso, oferecemos um curso que dá conhecimentos técnicos em todas essas áreas", explica. Assim, o curso dá uma visão geral da eletrônica, eletricidade, mecânica, hidráulica e informática, aumentando a empregabilidade.

  Também há uma preocupação em incluir disciplinas como gestão de pessoas, cidadania, auto-gestão e ética. "Hoje as empresas não querem um profissional apenas para executar. É preciso pensar e planejar", afirma Cabral. O curso do Senai tem três anos de duração e o de mecânica, do Cefet, dois. Ambos promovem um aperfeiçoamento em desenho técnico, feitos com equipamentos ou em computadores. Isso lhe dá possibilidade de trabalhar como projetista mecânico, criando ou desenvolvendo peças. O estudante também sai preparado para atuar com automação industrial, máquinas que são comandadas pelo computador.

  No Cefet, o curso de Mecânica ainda forma técnicos para o ramo automotivo. "Quem mais absorve são as concessionárias. O técnico pode prestar serviços de manutenção e reparação ou trabalhar como consultor", explica o coordenador do curso do Cefet, George Marinho, 40 anos.

  Marcelo Aquino, 34 anos, formado no Cefet em 94, atualmente é gerente de seminovos da Fiori. "Optei pelo curso porque sempre gostei de automóveis e a formação do Cefet ajudou a me empregar na empresa, em 97. Comecei na assistência técnica, depois fui para a avaliação de veículos e há quatro anos sou gerente", conta.

Onde estudar?

Senai - 3423.5122
Cefet - 2125.1740

Clique aqui e leia os Comentários

 
        Escolha aqui um canal do Pernambuco.com:
quem somos | contato comercial | sua opinião sobre o portal
Copyright - Pernambuco.com | todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo desta página sem a prévia autorização | faleconosco@pernambuco.com