(Atualizado no dia 25/07/2001)
 
Início Diario de Pernambuco Saúde Furúnculo

Cadernos

Política
Brasil
Mundo
Economia
Esportes
Vida Urbana
Viver
 

Suplementos

Revista na TV
Empregos
Viver Mulher
Viagem
Informática
Saúde
Carro
Imóveis
 

Serviços

Assinaturas e Renovações
 
Expediente
 
Edições Anteriores do Diario de Pernambuco




Saúde

Furúnculo

Infecção dolorosa na pele causada por bactéria que, no início, se parece com a inflamação de um pêlo encravado

No começo, ele parece um pêlo encravado. Mas, depois de alguns dias, dá para notar que um simples machucado não causaria tanta dor. Sem falar em outra característica muito peculiar: os furúnculos são mais quentes que o resto do corpo. Um efeito da luta do organismo para controlar a infecção. Como uma febre localizada.

  O problema é que muita gente subestima os furúnculos. Acha que a doença é uma feridinha superficial e nem se preocupa em procurar um médico. Tentar resolver o problema sozinho - espremendo o furúnculo - é uma das piores alternativas, advertem os médicos. O gesto abre espaço para infecções mais graves.

   tratamento - Os furúnculos, assim como outras infecções, precisam de tratamento adequado. Os médicos costumam receitar antibióticos para combater a bactéria causadora do problema, além de fazer a drenagem do pus. Os motivos da doença podem ser simples, como o excesso de suor. Mas há o risco de serem um sinal de que algum problema mais grave afetou o sistema imunológico, como diabetes, leucemia ou AIDS. Principalmente quando os nódulos são muitos e aparecem em curtos intervalos de tempo.

  "Eu descobri que estava com câncer por causa dos furúnculos", conta A.M.A, professora do ensino fundamental. Há cerca de um ano, apareceu uma série de furúnculos embaixo do braço de A. Os exames de sangue pedidos pelo médico apontaram uma queda sensível do número de glóbulos brancos. Daí para a descoberta da doença foi rápido. "Comecei a me submeter a uma bateria de exames e desde então faço quimioterapia", afirma.

  Já Luciana Meireles, de oito anos, teve um furúnculo por causa dos shorts de lycra que usava. Descobriu a ferida na coxa esquerda, mas não deu importância. "Percebi depois que era um furúnculo", diz . Sua mãe, Maria Olímpia preferiu recorrer a um dermatologista. "Para ver se devia ou não espremer o pus". Com a intervenção do especialista,

o furúnculo foi drenado. Casos como o de Luciana, de simples solução, podem ser evitados adotando-se algumas medidas preventivas, como deixar de lado roupas mais justas.

O que é?

Infecção causada por bactérias que afetam a raiz do pêlo (folículo piloso) e a glândula sebácea

Nunca aperte ou esprema um furúnculo, pois isso poderá aumentar ainda mais a infecção

Como identificar

O furúnculo é um nódulo de pus vermelho, doloroso e quente (por causa da infecção). Ele difere bastante de um pêlo encravado ou espinha pela dor que provoca e por ser mais quente que o resto do corpo. Nos primeiros dias, é bastante duro. Depois, quando o pus se espalha por baixo da pele, fica mais mole e flutuante

SINAL DE ALERTA

Quando começam a aparecer um ou mais furúnculos pelo corpo, em curtos espaços de tempo, diz-se que a pessoa sofre de furunculose. O problema muitas vezes é sinal de alguma doença mais grave, como o diabetes, infecções generalizadas e até mesmo cânceres. Por isso, deve-se procurar um médico para verificar o motivo de o corpo estar tão frágil

Como tratar

Quando aparece no corpo, deve-se procurar um médico dermatologista ou infectologista. Ele irá investigar as causas da doença - que podem variar desde uma simples infecção na pele a um mal capaz de afetar a imunidade do organismo, como diabetes ou leucemia. O tratamento é feito à base de antibióticos e da drenagem do furúnculo








 

 
 
Sua Opinião


Copyright 2001 - Pernambuco.com

Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo
desta página sem a prévia autorização.
diario@dpnet.com.br